Group%2520of%2520protestors%2520with%252

SINDICATO DO PROLETARIADO

LUTA  UNIDADE  VITÓRIA

Election Campaign

CARTA DE PRINCÍPIOS

Necessitamos de sindicatos de classe, que não cedam à burguesia patronal, que defendam única e exclusivamente e de forma intransigente quem trabalha, que saiam da defensiva e passem ao ataque! Nestas condições actuais algumas velhas questões dos primórdios do movimento operário retornam com toda a pertinência: o que é o sindicalismo? Ele é de facto importante no apoio à luta dos trabalhadores pelo fim da exploração capitalista? Se sim, de que forma?

POR UM SINDICALISMO DE CLASSE

Image by Tim Mossholder
Caneta apontadora e dedo no documento
Image by Mike Von

Notícias

As últimas da luta dos trabalhadores

Corpos Gerentes

Membros da Direcção e Conselho Fiscal

Código do Trabalho

Baixar versão pdf

Qualquer trabalhador pode sindicalizar-se no nosso sindicato, inclusivamente:

  • Trabalhadores em situação de desemprego;

  • Trabalhadores sem contrato de trabalho escrito;

  • Trabalhadores sem situação de residência no país regularizada.

Qual o valor da quota sindical?

A quota sindical corresponde a 0,5% do salário ilíquido do trabalhador, com o valor mínimo de 2,5€.

Estão isentos do pagamento de quotas os associados que deixarem de receber as respetivas retribuições por motivo de doença ou desemprego.

Posso pagar a quota através de débito directo?

O Sindicato do Proletariado presta apoio jurídico?

Apesar de priorizarmos sempre a organização e luta colectiva dos trabalhadores, o nosso sindicato também presta aconselhamento jurídico individual aos trabalhadores sindicalizados.

Que setores de atividade estão representados no Sindicato do Proletariado?

Organiza estatutariamente todos os trabalhadores independentemente das suas funções, profissão e categoria profissional, que exerçam a sua atividade nos seguintes sectores: agricultura; pecuária; indústria; construção, comércio e retalho; hotelaria; serviços de limpeza; serviços de segurança.

FAQ - Perguntas frequentes

 

Entra em contacto com o Sindicato do Proletariado

Obrigado pelo envio!