top of page

Greve de Trabalhadores do Retalho

A direcção do Sindicato do Proletariado manifesta toda a solidariedade para com os trabalhadores dos sectores de distribuição, retalho e grossistas, que decidam aderir à greve convocada para o dia 24 de dezembro por sindicato do sector.


Discordamos do carácter genérico das reivindicações elencadas no pré-aviso de greve e não subscrevemos qualquer tipo de iniciativa sindical que não se respalde numa ampla campanha de divulgação e mobilização, e que se baseie em lógicas de "cumprimento de calendário".


Recordamos que requeremos a solidariedade activa da CGTP, central sindical da qual é filiado o sindicato do sector, para a greve convocada pelo Sindicato do Proletariado para dia 15 de setembro, tendo por objetivo conquistar, entre outras reivindicações, 150 euros de aumento salarial para todos os trabalhadores com salários até 1500 euros, mas não obtivemos qualquer resposta.


Ao contrário da CGTP, no entanto, não caímos no sectarismo e nunca deixaremos de disponibilizar todo o apoio e solidariedade aos trabalhadores em greve, mesmo quando não sejam sindicalizados, ou o sejam em outros sindicatos que não o SP.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page